Profetas do século XXI

imageNão é preciso entender que as profecias sempre foram assuntos intimamente ligadas aos temas mais abrangentes do sistema.

Uma profecia, já por se tratar de um assunto futuro, não é preciso provas, apenas a crença das pessoas que o profeta é o cara!

Os profetas do antigo testamento, como Daniel, Joel, Elias, Isaias, entre tantos outros, foram pessoas que receberam, assim por dizer, missões de entregar profecias ao seu povo em nome do Criador.

Preguiça de ler? Então ouça!

Interessante saber que estas profecias, muitas delas ainda hoje estão por se cumprir e isso mostra que uma profecia não possui tempo determinado e nem ao menos podemos dizer se irá ou não se cumprir.

Quero lembrar que uma profecia não é proferida de forma sentencial, ou seja, ela não é uma sentença cuja data mesmo indeterminada, será aplicada sobre os pobres e fracos humanos.

Uma profecia… ah! Antes de continuar, peço que pegue suas bíblias e procurem os profetas e leiam atentamente para que estas palavras de hoje não sejam alvo de críticas severas.

Uma profecia, segundo as escrituras, sempre foi passada como forma de aviso, mais ou menos como um pai que já fez muitas coisas na vida e vê um filho fazendo exatamente algo que ele já fez e por isso sabe aonde os atos do filho o levarão.

As pessoas tendem a interpretar uma profecia sempre como um castigo e uma sentença, mas isto é culpa do sistema.

Sim, culpa do sistema!

O Sistema religioso usa das profecias como uma arma do tipo, “creia no que eu falo, ou o castigo de Deus será este, ou aquele…”

Completamente fora de contexto.

Os avisos funcionam porque, como sabemos, tudo o que plantamos colhemos e não há outro caminho. Se plantarmos cenouras colheremos cenouras e não batatas.

imageAssim são as profecias, mesmo reveladas aos homens por uma fonte divina, ela apenas segue um padrão ou lógica, que posso dizer, racional, que revela um acontecimento futuro através do que se planta.

Quando um povo, seja por falta de instrução, por costume ou por negligência mesmo, está plantando maus frutos, o que esperar da colheita?

É previsível o seu destino. Mas digamos assim, que no meio do caminho este povo consegue perceber a má semente que está plantando, ele tem a oportunidade de arrancar a mesma do solo e voltar a plantar sementes boas.

E as profecias servem para isto, para corrigir e não para castigar.

Uma profecia são palavras que levam a reflexão individual e coletiva para uma percepção ampla, em relação ao tempo, que faz com que seja percebido que tipo de fruto será colhido.

Removendo a semente ruim e plantando a boa, a colheita será boa e a previsão dos maus frutos desaparecem.

Quando Jeremias proferia não estava condenando, mas alertando. Como não lhe fora dado ouvidos, simplesmente a colheita fora exatamente a prevista.

Assim tem sido com cada profecia que se cumpriu desde o princípio dos tempos. Somente foram cumpridas aquelas que não foram dados ouvidos e as sementes trocadas.

Mas o sistema não vê assim e não permite que seus membros vejam de forma clara e objetiva.

É colocado que uma profecia é uma forma de castigo por desobediência e não como um alerta do tipo: “Teu Pai te Ama e por isso te avisa para não praticar tais coisas que os frutos serão amargos!”

imageMas como no sistema tudo é deturpado desde que seja atrativo, como num circo, o que atrai o público para o espetáculo, se der lucro recebe investimento, a moda dos profetas do século XXI tem enchido a paciência até mesmo de Mamôn.

Hoje é moda, e perigosa, se dizer profeta. “Eu sou profeta”, “Deus falou comigo”, e os mais inofensivos profetas auto-intitulado costumam apenas repetir uma frase de impacto do tipo:

“Deus profetizou que tem algo especial para você!”

Rá!!!!

Pegadinha do Profeta!

A tensão em comprovar que esta ou aquela religião está certa,ficam lançando profecias e esperando que elas aconteçam apara o simples ato de COMPROVAR o melhor, de dizer que estavam certos.

Como se uma profecia cumprida fosse prova de algo! Mas não é, lembre-se, uma profecia apenas mostra os frutos, mas estes são resultados do plantio!

Esta semana conheci um tal de Marcos Profeta, e sério, nem percam tempo. Ele é o tipo de profeta, diz ele, que prevê desastres, mortes famosas, que usa de palavras bélicas e com a força bruta do medo.

Ele é do tipo que manda as pessoas a saírem de casa e se esconder no mato.

Usam palavras apocalípticas para assustar e assim manter os seguidores próximos.

O problema deste tipo de pessoa, que estas histórias sempre acabam mau, pois só o ato de sair profetizando estas coisas já é um mau plantio e com toda a sorte do mundo, a colheita será tão ruim como foram todas as demais que vieram antes destes.

Como Jim Jhones, David Koresh, Charles Manson, Marshall Applewhite, Shoko Asahara, entre muitos outros. Todos se colocaram como profetas, se sentiram salvadores e num ato de Messias Misericordioso, todos estes terminaram com mortes, atentados, e suicídios em massa.

image

Se estes acabaram assim, porque que os futuros profetas seriam diferentes?

Isso é Mitomania, ou seja, um grande mentiroso com belas palavras convence tanto que ele mesmo passa a acreditar que é um profeta. Diz que Deus fala consigo e passa a acreditar, mas nem mesmo conhece o Pai dentro de si. Mas acredita fielmente em suas mentiras que elas se tornam a verdade imutável de suas vidas.

E repentinamente se encontra numa posição, que não consegue, não pode e não quer voltar atrás. Por medo seus seguidores não o deixam. Mas quando este poder começa a ser ameaçado, em atos desesperados, cometem seus crimes ou forçam seus discípulos a atos extremistas.

O Pai revela profecias? Se importantes e necessárias sim! Mas depois que Jesus veio, que temos o apocalipse e os outros profetas, o que mais o Pai precisa revelar que já não tenha sido revelado?

Jesus deixou os sinais, que aquele que estiver de olhos abertos verão. Explicou o porque destas coisas, por definição, usa suas próprias palavras, “porque o AMOR está esfriando”.

E Amor ao próximo foi seu único legado.

E ainda diz, que mesmo que estas coisas aconteçam, “APASCENTE MINHAS OVELHAS” e não que as torture com o medo e a loucura!

Não sigam estes profetas, segundo informações, este tal Marcos Profeta, muitas pessoas, não sei como,acreditam nele e pessoas estão sendo prejudicadas. Como um pai de família que simplesmente abandonou seus filhos e esposa por causa de certas profecias.

Não caiam nesta! Não corram atrás de profetas malucos, frutos podres do doentio sistema religioso.

Tem dúvidas? pegue as escrituras e leia! nela encontrará respostas. Veja:

Quando os apóstolos em dúvidas perguntaram a Jesus acerca do fim, Jesus foi claro e muito prudente!

Acautelai-vos, [para] que ninguém vos engane;
Mateus 24:4

Ele avisa:

E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
Mateus 24:11

Diz as razões:

Por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
Mateus 24:12

Avisa com mais afinco!

Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito;
Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
Mateus 24: 23, 24

Então ensina a ver os sinais, assim, não há mais a necessidades de profetas, pois todos estão aptos a ver os sinais, não apenas alguns. Pois todos são iguais perante o Pai.

Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.
Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.
Mateus 24: 32, 33

A pergunta é, em quem devemos confiar?

Em profetas de YouTube, padaria, ruas e botequim ou apenas naquele que apenas amou e nada pediu em troca?

Reflita!

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *