Entendendo as coisas do Pai

imageO advento da Revelação, como é conhecido a vinda do Cristo, ao contrário do que o sistema tenta enfiar em sua mente, foi muito mais abrangente e sutil ao mesmo tempo do que nossas capacidades mentais e intelectuais podem compreender.

Preguiça de ler? Então ouça!

O sistema religioso tenta há dois mil anos monopolizar este advento importante na história da humanidade, porém até hoje ainda tentam implantar o que jamais conseguirão.

Isto porque a presença do Pai não pode ser manipulada e jamais pode ser inserida dentro de um contexto dogmático. É preciso compreender as coisas do Pai.

Compreender o Pai e suas coisas não é uma tarefa que esteja explicado na bíblia ou nas escrituras, nelas estão apenas os conceitos. Mas compreender é parte da gente e de ninguém mais.

imageNão precisamos da bíblia para estarmos no Pai e o Pai em nós, ao contrário, as Escrituras apenas falam, mas não podem mostrar e muito menos fazer viver isto tudo. Porém, podemos aprender um pouco com ela e acreditem nisto, é apenas uma fração e nada mais o que nela contém.

Sim, os evangelhos são como um grão de milho num milharal. Só uma migalha de informação sobre o Cristo e é impressionante que o sistema tenta fazer um verdadeiro milagre com isso.

A própria escritura diz que é apenas um pequeno nicho e muito singular dos verdadeiros acontecimentos. Veja se estou mentindo:

Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém.
João 21:25

Nós temos somente quatro evangelhos que contam praticamente a mesma coisa, apenas os fatos mais marcantes para que a mensagem durasse milênios, mas o texto adverte que nem o mundo todo seria suficiente para conter tudo que o Messias fez. Então quatro livrinhos são nada mais que migalhas da verdade.

E por isso nada pode ser descartado.

imageMas o sistema, burro como ele só, mau e ignorante não consegue ou não pode ver que tudo o que pratica está indo contra os ensinamentos do próprio Messias.

Principalmente o sistema evangélico que é mais novo e com muito mais falhas que o católico, porém ambos são farinhas do mesmo saco.

Costumam bater no peito e auto-afirmar que são o povo escolhido, que são de deus e que o restante estão desligados de deus…

Bem, a coisa funciona assim, deste deus que eles ensinam e com letras infinitesimais e minúsculas, sem força ou poder as pessoas podem mesmo e devem estar desligado, ele não existe mesmo. Mas do Pai Altíssimo, o Criador que por amor nos deu a liberdade de ação e ainda enviou seu primogênito.

A descrição do Pai pela escritura é que Ele é Onisciente e Onipresente, isso significa que Ele sabe de tudo mesmo antes de acontecer, mesmo que não aconteça. Está em tudo e em todos ao mesmo tempo, antes e depois do tempo, no tempo e além do tempo.

Ainda João descreve o Verbo como estando antes mesmo da criação e que sem ele nada do que se fez seria feito.

Bem, esta descrição é a informação valiosa que os sistema esconde de você, eles falam mas não explicam que TUDO e TODOS são do Pai e parte do Pai. Que é IMPOSSÍVEL existir se não estivermos ligados ao Pai e que é IMPOSSÍVEL se desligar do Pai.

Pois se houvesse este desligamento, deixaríamos de existir e não falo da morte, simplesmente deixaríamos de existir e mais ainda, nunca teríamos existido.

Se é impossível desligar o que está ligado, porque precisamos nos religar, ou seja, de uma religião?

Não precisamos nem mesmo conhecer o Pai, ou a revelação do Cristo, isso é irrelevante perto do que ele realmente representa.

O Cristo como Primogênito, foi o primeiro,porém não o último e isto nos dá a esperança e a certeza de sermos igualmente filhos do Pai.

“Peça ao VOSSO PAI que vê em secreto”

Dizia Jesus.

E ter esta verdade gravada em nosso coração, como na carne, é mais valioso que qualquer coisa existente, inclusive mais importante que a própria vida, pois isto nos liberta e quebra qualquer grilhão imposto pelos homens e pelo fatídico sistema religioso cristão ou qualquer outro existente.

Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. 2 Coríntios 3:3

Pois o sistema aprisiona e não liberta.

Quem liberta é o Cristo. Mas não o que está escrito, aquilo que dizem ser a “Palavra do Pai” são apenas letras ao vento marcadas em páginas de papel que o tempo irá consumir.

Mas no Cristo verdadeiro, na verdade de sua REVELAÇÃO!

Revelação porque sempre existiu, apenas não era revelado. Mas uma vez revelado, a ignorância morre e o Cristo vive em todos e em tudo. Mesmo naqueles que não o conhecem, nunca ouviram seu nome. Porque o Cristo é mais, muito mais que uma simples imagem impressa num livro, ou um nome que a boca possa pronunciar.

O Cristo é a expressão mais pura de sua própria existência e portanto, não carece de servidão ou adoração, nem sacrifícios mas de misericórdia e justiça. Amor é a sua própria definição por si mesmo. Por palavras e através da própria vida e existência humana.

Colocar o Cristo “endeusado” como o sistema o exibe, o adora e venera, é um erro, é falso e idolatria.

imageIMPOSSÍVEL servir a quem nada precisa, mas podemos e devemos servir nossos próximos, com Amor indivisível, simples e puro. Como o Messias ensinou e pediu-nos que assim o fizéssemos.

Realmente acredita que o Pai celestial, ELOHIN de tudo o que existe prefere ser adorado e assim permitir que lhe seja servido, mesmo que outros passem fome, sofram violência e carecem de justiça e misericórdia?

Seria um “deus” mesquinho. Mas o Pai não se assemelha a nada disto que o sistema entrega.

O Pai nos deu algo, a Ruach Hakodesh, o que o sistema chamou de espírito santo. Ensinam como um espírito vindo de deus sem nada melhor pra fazer a não ser colocar loucuras nas bocas das pessoas para falarem desconexamente.

Não,o espírito e consolador é simplesmente a Razão e o Entendimento das Coisas do Pai.

É o fim da ignorância.

E por isto está em todos da mesma forma, não é exclusividade deste ou daquele, de um pastor ou sacerdote de qualquer tipo. Mas de todos.

E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Tiago 1:5

Existem aqueles que estão “afastados” porque não querem ver e estes são os sacerdotes (pastores e padres) que creem serem algo que não são.

Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo. Gálatas 6:3

Entendam que a escritura ensina com pouco e diz muito. Não deixe que ninguém a leia para você, leia por si mesmo. Compreenda o Pai.

Liberte-se do sistema de uma vez!

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *