Amor Revelado

imageO sistema está em ruinas e somente permanece nele aqueles que querem cair junto.

Não será hoje e talvez esta geração nem mesmo veja isso. Mas o sistema cairá e será grande a sua queda. Não amigos, não é uma mera coincidência, são as palavras do apocalipse.

Acontece que o apocalipse, em minha vã compreensão, não se relaciona a uma linha de tempo específica, mas se relaciona a cada geração e acontecimentos.

A narração de João no livro das revelações, são tão profundas que servem para vários setores da humanidade. Desde os individuais até o coletivo.

Preguiça de ler? Então ouça!

E não intente em crer que a revelação é algo linear, que não é. Observando os acontecimentos podemos até mesmo identificar em que ponto do apocalipse estamos, mas isso não quer dizer que ele esteja seguindo uma cronologia.

Imagine um livro que foi narrado pelo evangelista e escrito por outras pessoas e depois os textos foram juntados num único volume o qual recebeu o nome de REVELAÇÃO ou APOCALIPSE.

De fato e isso é importante, acredita-se que o apocalipse foi narrado enquanto João estava preso na ilha de Patmos, como sugere a própria narrativa. Mas ao contrário que muitos pensam, este livro e suas narrações não foram feitas em intervalos de dias ou semanas, muito menos de uma forma contínua. Mas levou ANOS!

Isso mesmo, anos para ser narrado e depois mais anos para serem juntados até a libertação dos presos da ilha de Patmos.

imageNão apenas o apocalipse foi narrado em Patmos também acredita-se que o evangelho também tenha sido narrado durante a prisão de João.

O que se sabe, pelo menos acredita-se nisto, é que o seu evangelho tenha sido narrado quando João estava com a idade de 70 a mais de 80 anos. Tendo em vista que o apocalipse tenha sido escrito após o evangelho, então a idade era bem avançada.

Simplesmente não há registros de João após a sua saída de Patmos. Nenhum sequer, nem mesmo de testemunhas que possam ter reconhecido João e registrado de alguma forma.

Por isso não existe informações de como foi seus últimos dias, como morreu, aonde ou simplesmente se morreu, como é finalizado em seu Evangelho.

A idade que João tinha, com mais de 80 anos quando os prisioneiros de Patmos foram libertos, indica que ele foi o apóstolo que mais tempo viveu após a partida de Cristo. Ele era um jovem durante a vida pública de Jesus, jovem mesmo entre 12 e 14 anos.

Não pensem que isso é loucura, já que na cultura Judaica dos tempos de Jesus, a criança deixava de ser criança com 12 anos. Não sei se hoje ainda é assim.

Isso deu muito tempo a João para entender (Espirito Santo “Ruach HaKodesh”), e por isso ele foi capaz de narrar o apocalipse com detalhes e clareza.

Ele mesmo afirma nas narrativas ou foi acrescentado por quem transcreveu, que sua visão e lucidez estavam INABALADOS.

Este é o apóstolo do qual se escreve que Jesus mais amava, era uma criança e por isso aprendeu de forma pura e sem máculas de vícios religiosos. Bebeu diretamente da fonte e esteve ao lado do Messias todos os instantes. E ainda cuidou da Mãe de Jesus, a recebendo como sua Mãe. Ele esteve junto de Maria (Mirian no original Hebraico) até o seu fim.

Existem registros Não canônicos e por isso sem selo de autenticidade , que contam que a despedida de Maria, foi tranquila e em paz. E ao seu lado estava este que agora era seu filho.

O apostolo Paulo descreve com muita maestria sobre o Amor e, embora ele tenha amado verdadeiramente, somente entendeu depois de certa idade e apenas por intervenção do Cristo em Espírito. Assim está nas escrituras.

Mas João, com este foi diferente, ele cresceu em amor e amou desde o princípio.

Em seu evangelho ele inicia de uma forma esplêndida, que aquele que compreendesse a primeira frase, já estaria desperto e em semelhança ao Pai, não precisando mais de entendimento pois compreenderia tudo.

Ele inicia assim:

“No princípio era o Verbo e o Verbo estava no AMOR e o Verbo era o AMOR”

Intrigante a forma como escrevi? Diferente de todas as formas que se lê nas escrituras ou em qualquer bíblia adulterada por aí?

Claro, mas é mentira?  Escrevi alguma blasfema? Serei condenado por isso ou será que minha compreensão foi um pouco mais longe do que aquilo que se espera?

Jamais será respondido, porém uma coisa posso eu responder: não menti e nem estou errado.

Partindo do princípio que “Deus” o Pai é Amor, apenas usei o nome mais fácil para compreender quem é o Pai e quais são seus desígnios.

Compreendem aonde quero chegar?

imageAo Pai não temos como louvar, já que ele não aceita louvores de homens, ao Pai não podemos servir, em que poderíamos serví-lo? O que poderíamos fazer a Ele que Ele mesmo não o faça? E é exatamente por isso que o Filho diz que – não veio para ser servido, mas para servir!

Sério mesmo, em que poderíamos servir ao Pai? Me dê uma resposta válida e com entendimento de causa e eu me calo…. sem churumelas de religião!

EM NADA PODEMOS SERVÍ-LO!!!

Somente podemos servir ao nosso próximo e necessitados. Servir em amor por cada um, seja o menor e o maior. Mas em amor e igualdade, sem corrupção ou acepção. Mas em Amor puro.

Aí estaremos cumprindo com a obra do Pai. Servindo e não sendo servidos. Sendo os menores e fazendo tudo por Amor aos pequeninos do Pai. Nunca esquecendo que não somos salvadores e sim mais um dos pequeninos do Pai.

Se não nos vermos como um pequenino do Pai e como Salvadores, então nos igualamos aos pastores líderes religiosos e toda a ordem sacerdotal e não seremos nem teremos nada por isso.

Somos pequeninos, mas tendo condições de fazer, façamos! Se não o fizermos, então mentimos.

Toda a revelação do apocalipse foi narrada e escrita com Amor e por Amor. No apocalipse se fala de Amor e finaliza em Amor.

Amor é a veste branca, limpa no sangue do cordeiro. Amor é o que você é e deve ser. Não deixem o sistema te corromper. Ame simplesmente e verdadeiramente ao teu próximo e nenhuma acusação no dia do juízo lhe será atribuída. Até mesmo a sujeira se lava através do AMOR.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *